Páginas

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Recado do leitor

Nosso leitor Juarez Junior nos mandou as seguintes palavras, a serem publicadas abaixo:

"Até quando vamos esperar para que uma mudança seja feita em nosso clube? Em 2007 e 2008 nossa direção nos vendeu a idéia de que iríamos disputar a Libertadores no ano do nosso Centenário, que isso era o objetivo a ser alcançado. Quando não conseguimos este objetivo, nós continuamos apoiando nosso clube e demos uma demonstração deste nosso amor ao Clube do Povo no dia de nosso Centenário com aquela Marcha que reuniu milhares de torcedores numa manhã de sábado. Mais recentemente ao ultrapassarmos a meta dos 100 mil sócios demos mais uma demonstração de amor ao nosso clube. Após não atingirmos o objetivo de disputar a Libertadores, o discurso mudou para irmos em busca de todos os Títulos no ano do Centenário. Montamos um bom time de futebol e agora por falta de pulso da direção e do técnico estamos colocando fora todos os título do Ano do Centenário.

Para se ganhar uma guerra, precisa-se ter atitude, competência e saber reconhecer a força dos adversários. Tem também que saber ser humilde para reconhecer os erros e retroceder de uma movimentação errada a tempo de não matar seu exército. Fernando Carvalho e toda a direção colorada está pecando pela soberba. Não estão querendo dar o braço a torcer, não estão querendo reconhecer que o Tite foi um erro. Todos somos humanos e podemos errar, só não podemos ficar insistindo no erro. A direção está achando que por que ganhou o maior título da história do Inter não podem ser criticados. Estão errados, assim como não podíamos insistir no erro de manter o Gabiru, pelo simples fato de ele ter feito o gol, não podemos admitir que esta direção continue errando sem ser criticada. Muito Obrigado Gabiru, pelo gol, mas a vida continua. Você para sempre será lembrado e deverá para sempre ser homenageado. Mas você já cumpriu sua história no clube. O que passou, passou não podemos viver somente daquele titulo, temos que ir em busca de novas conquistas.

Qual era a nossa intenção de chegar a 100 mil sócios??? Era para termos um clube forte que não precisasse se dobrar para os europeus. Era para vendermos 1 craque por ano quando tínhamos 40 mil sócios. Hoje com mais de 100 mil sócios vendemos dois craques por ano. Em 2007 Alexandre Pato, Ceará, em 2008 Fernandão e Iarley, em 2009 Alex e Nilmar... fora os outros meia boca que também saíram. O brasileiro só sente quando dói no bolso e os famosos quando sua imagem fica arranhada. E é por isso que Fernando Carvalho tem de ser criticado, pois se ele sentir que o dele ta na reta, talvez tome uma atitude. Até porque ele está visando ser presidente do Clube dos Treze e não quer sua imagem arranhada.

Mas se continuarmos condescendentes com todas as atitudes de Carvalho estamos fadados a não ganharmos nada mais este ano.

Mostraram inoperância nossos dirigentes ao perderam a hora de trocar o treinador. Tava caindo de maduro a contratação de Muricy ou Luxemburgo, o Inter neste momento tava precisando de um técnico que desse murro na parede, que chutasse as portas e trouxesse os jogadores para a realidade. Treinador com conversa mole como é o Tite e o Parreira vai dar tudo na mesma. Trocar o Tite pelo Parreira como está sendo dito, vai ser como trocar Bolivar por Danilo, é sem ousadia, são caras com a mesma atitude e de nível parecido. Neste momento não sei nem se o melhor é demitir o Tite, mas cobrá-lo e fazer com que ele cobre dos jogadores. Não se pode escalar por amizade, pelo que fizeram no passado. Tem que escalar quem está bem no momento e tem vários jogadores que são imexíveis no time do Inter que não estão rendendo nada. Tem que cobrar do Tite , para que ele substitua os jogadores e não espere até os 25 minutos do segundo tempo, ou que coloque um jogador faltando 5 minutos para terminar o jogo. Uma vez pode dar certo, mas não se pode ter como regra uma atitude destas. Tem que ser mais ousado e mais guerreiro, todo mundo pegando junto, nosso time ficaria quase imbatível.

Lembro que não estou pregando a violência a nenhum dirigente nem que nosso patrimônio seja depredado, pois o nosso clube é muito maior do que os erros de uma administração. Acho que temos como protestar de outras maneiras. Nosso clube vende nossos craques com 20.000, 30.000 ou 100.000 sócios, então talvez uma greve poderia trazer algum resultado. Não pagarmos mais a mensalidade, por exemplo, pode ser um protesto para que sejamos ouvidos.

Desculpe-me os que pensem o contrário, mas precisava desabafar.

Saudações Coloradas


Juarez G. Casulo Junior"


O Nação GIGANTE está aberto para isso também. Se quiser "desabafar" como disse o caro amigo, mande suas palavras de mudança ou revoltas para "nacaogigante@hotmail.com".