Páginas

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Brasileiro mais que obrigação

Em pouco tempo, perdemos duas decisões. Claro, que as duas eram muito difíceis de serem revertidas, porém acreditávamos.

Ontem, a cada bola na área era um desespero. Tomamos gols infantis. A reabilitação dos nossos craques não veio; o esquema de Tite a cada jogo nos irrita mais e imediatamente deve ser trocado. Nosso time tornou-se previsível. É fácil saber como marcá-lo. As laterais também se encontram em estado de desespero. Algo tem que ser feito já.

Claro, que com a seleção e as lesões, nos tiraram um pouco de ritmo de jogo, mas um time não desaprende a jogar do nada. Talvez um grito forte no vestiário ajude. Um pouco de vergonha na cara, também.

Estamos acostumados a não perder decisões, a face de todo colorado hoje mostra isso. Onde está a GARRA gaúcha porra?!

O Brasileiro torna-se obrigação cada dia mais. Primeiro, por não ganha-lo desde a década de 70; segundo por perder tantas decisões assim e principalmente, voltar a Libertadores ano que vem.

Somos GIGANTES, iremos passar por isso.